Copyright

PROIBIDA cópia e/ou reprodução das imagens sem autorização prévia da proprietária do blog!

Artigo - Já tenho Clientes, e agora?

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Oi pessoal!
Este artigo é a segunda parte do artigo postado na última semana: Dicas para quem quer começar a vender sua produções artesanais (Scrapbooking).

Como já expliquei no artigo anterior não sou nenhuma expert nisso! E você deve ler estas informações levando em considerção que são opiniões poprias, baseadas na minha experiencia pessoal e nada profissionais sobre o assunto, ok?

Antes de mais nada, regra básica:
- Sempre esteja disponível para seus clientes, e tente responder os e-mails o mais rápido possível!
Eu procuro responder todos os e-mails no mesmo dia, e quando isso não é possível, em até 48h (salvo fins de semana e feriados).

Envios de Orçamentos:
Se tudo der certo, a partir das dicas do artigo anterior, você começará a receber solicitações de orçamentos dos seus produtos. Essa parte parece ser simples, mas à medida que você receber cada vez mais solicitações, vai precisar encontrar formas de agilizar este processo.
Eu já tentei diversas formas, mas a que mais deu certo foi ter um arquivo do bloco de notas para cada produto. Neste arquivo, tem todo o texto do orçamento e quando uma pessoa solicita o orçamento de determinado produto, eu respondo o e-mail para ela, copiando e colando o conteúdo do arquivo ao corpo do e-mail. Às vezes é necessario fazer pequenas modificações, dependendo das solicitações e dúvidas de cada cliente, mas o esquema e o conteúdo principal já estão prontos.

Definição de detalhes do produto,
Depedendo do produto, meu cliente tem maiores ou menores opções de personalizá-lo.
Se é um mini-album, por exemplo, ele pode escolher as cores, ordem das fotos, título do album e frases para colocar nas páginas. Eu envio um e-mail bem objetivo, listando estes itens e pedindo que ele preencha os dados personalizados. Assim tenho todas as informações essenciais em um único lugar e de forma clara e objetiva.

Cobrança
Costumo cobrar 50% do valor do produto ao efetivar a encomenda, e 50% quando o produto está pronto.
O pagamento é feito via depósito em conta corrente, e, se a entrega for feita pessoalmente, os 50% finais podem ser pagos no momento da entrega.
Caso o produto seja enviado pelos correios, eu envio uma foto do produto pronto para o cliente, (para garantir que seu pedido personalizado foi confeccionado) ele me deposita os 50% finais. Em até 2 dias úteis eu coloco nos correios.

Preparo para envio:
A encomenda é revestida com plástico bolha ou qualquer outro produto que o proteja de impacto e amassados. Além disso, faço uma caixa de papelão seguindo este tutorial.
E muito importante, SEMPRE envie seus cartões de visita junto com o pacote. Eu costumo enviar no mínimo 3. Assim a pessoa pode distribuí-lo para aqueles que admiraram o trabalho e eventualmente podem te procurar para realizar encomendas.
Aqui tem uma sugestão de como fazer seu cartão de visita.

Envio dos produtos
Sobre o envio, já contei um pouco no artigo anterior. Basicamente: o envio é feito pelos correios, via PAC se o prazo de entrega for maior, e via SEDEX se for com mais urgência.
Após a postagem nos correios, envio o número de rastreamento do pacote para o cliente. Assim ele pode acompanhar seu produto no site dos correios.

Detalhes finais
Sempre peça para que o cliente avise do recebimento do produto, e dê um feedback do que achou ao ver o produto ao vivo!
Também sempre peça autorização para publicar as fotos originais no blog, caso o cliente não autorize, utilize um programa de edição de fotos para embaçar o rosto das pessoas das fotos.
MUITO IMPORTANTE: quando a encomenda for um presente para alguém, somente publique no blog ou no seu site após o presente entregue.

Manejo do Tempo
Eu nem posso dar orientações com relação a manejo de tempo, pois cada dia uso uma estrategia diferente e não sei qual funciona mais (se funciona kkk).
Mas tem algo no qual estou trabalhando cada vez mais, que é deixar os fins de semana só para lazer e atividades não relacionadas a trabalho (que no meu caso entra mestrado e scrap). Hoje isso é praticamente impossível, e se fico 2h no fim de semana fazendo outra atividade que não esteja relacionada a nenhuma dessas coisas, é muito. Mas tenho trabalhado nisso, e sugiro que vocês também estabeleçam limites para as "atividades profissionais".

Bom pessoal, a principio, as dicas que eu tinha pra passar para vocês são estas!

__________________________
O Feedback de vocês sobre o artigo é muito importante! Também estimulo-os a deixar nos comentários perguntas que tenham surgido durante a leitura e sugestões complementares à estas que coloquei aqui. Dividi apenas minha experiencia e percepção pessoal, então qualquer complementação é bem vinda!

Beijosss

20 comentários:

ρâм disse...

Tininha,
Essas tuas dicas são valiosas!
Sigo o teu blog há algum tempo e vc sempre tem uma sugestão ou um pap que nos interessa!
Por favor, não abandone esse cantinho hein.. já me acostumei a passar por aqui e saber das novidades!
Beijosssss

Ondina disse...

Oi Tininha...
Que artigo bem escrito, esclarecedor e útil. Muito obrigada por sempre compartilhar seus conhecimentos... Anotei tudo!
Bjs

Lila Moura disse...

Trabalho exatamente como vc. Percebo que os clientes ficam satisfeitos com a pronta resposta. Isto é muito importante!
bjs

Silvana disse...

Ótimo artigo!!
bj

Carol Fonseca disse...

Tininha, nem preciso te dizer que adorei o artigo. Adoro o blog.. e tô sempre passando aqui!! Um bjao

Pierina disse...

Tininha,

com todas essas dicas a vida fica fácil. Obrigada por trilhar o caminho das pedras e nos dar dicas tão preciosas. Seu blog é uma bússola para os navegantes do scrap...
Uma amiga minha perdida na Suécia e iniciando os passos do scrap vai gostar de saber do seu espaço.

Bjs 1000
E até a próxima postagem

Bruna Cheles disse...

Oi Tininha,
Adorei, muitas dicas que vc deu vão me ajudar muuuito, obrigada.
bjs e boa semana.

Helô disse...

olá Tininha,
suas dicas são sempre importantíssimas.
Muito obrigada por tudo que nos ensina!!!!
Bjos !!!!

Pablo disse...

Nossa Tininha... por falar em bloco de notas, já copiei os seus dois posts sobre esse assunto e salvei aqui no PC... hehehe! Muito obrigado por compartilhar as suas experiências... é sempre muito importante saber o que pensa, aqueles que estão há mais tempo na área! Gostei muito das suas dicas...! E sobre administrar o tempo, pra mim é algo muito complicado... já que faço faculdade à noite e trabalho durante o dia! Acabo deixando tudo pra fazer de fim de semana... ou seja, não tenho mais tempo pro lazer, hehehe! Mas é a vida... se bem que, pra mim, o Scrap é um lazer...! Mas logo logo termino a faculdade e tudo vai ficar mais fácil! Hehehe... Grande abraço e ótimo restinho de semana pra você! ; D

P.S. Postei lá no blog... quando tiver um tempinho, dê uma passada lá! ^^

Rosana Garcia Hess disse...

Dicas preciosas.....querida....obrigada
kisses
Rosana

Nina Art disse...

Tininha....
ÓTIMO seu artigo... Estou iniciando nesta area agora... e ainda não sei bem como me organizar.
Me ajudou bastante.

Bjusss

Fê Monção disse...

Adorei todas as dicas!!!!!
Brigada por compartilhar :)
Bjssss

Tágide Castro disse...

Oi Tininha,
Adorei o artigo e posso dizer que trabalhamos de forma muito parecida! Realmente o retorno do cliente é sempre positivo e isso engrandece nosso trabalho e se faz por divulgar! Foi também a minha experiencia e a necessidade de viabilizaçao de tempo e satisfaçao do cliente que me fez padronizar orçamentos e agilizar o atendimento via web! Vou indicar seu artigo lá no blog! Um abraço

Babi Bôas disse...

Oi Tininha

Adorei o artigo, para falar a verdade, sempre fico fugindo dos clientes, 1º pois não tenho muito tempo, e tenho medo de prazos, 2º pois acho que nunca vão gostar do trabalho pronto, e 3º e o pior deles para mim, é nunca sei que preço colocar, no inicio do ano me pediram para fazer uns calendários iguais aos que eu tinha feito para mim em caixas de madeira giratórias, e eu não conseguia chgar a um preço final...foi terrível. Então acabo fazendo só para amigas e cobro um valor que pelo menos consigo comprar mais material, hehehe!!!
Se tiveres uma dica para montar preço por favor me manda pois todos falam em material vezes 3 mais acho isto muito relativo, pois uma cartela de adesivos por exemplo não vai inteira, e quando utilizo apenas um pedaço de um papel ou um papel reciclavel que iria para o lixo....não sei como cobrar.

Beijos
Ba

Meg M Stoco disse...

Perfeito o artigo pra quem esta começando e esta perdida.SE tivesse um artigo desses a um tempo atras teria sido muito mas fácil pra mim, mas tive que aprender tudo na raça mesmo e observando muuuito.
Parabéns pela idéia.
Bjus

artesanal.blog disse...

Eu também fui experimentando coisas diferentes, e hoje tenho trabalhado como você - procuro responder os emails com rapidez, tenho um padrão de orçamento e peço 50% do valor no início e no final da produção. Ah, sim, meus finais de semana agora são para lazer, especialmente o que consigo curtir com o marido!

Acho importante que cada um teste vários caminhos até encontrar o que melhor se adapta ao seu estilo e ao de seus clientes.

Valeu pelo artigo!

Beijos,
Lu Picoral

Giovana Rizzon disse...

Oi Tininha!!
Adorei esse post! Como sempre, tu és muito objetiva e sempre ajuda muito ler o teu bolg. Também costumo atender os clientes imediatamente, mas o que mais me assusta realmente são os custos. Scrap é uma coisa muito difícil de cobrar! Aí vai uma dica para mais um pots desses, ehehe
Beijos
Giovana

Cláudia Nunes disse...

Adorei as dica..vou colocar algumas em pratica como a ideia do bloco de notas...obrigada por compartilhar suas ideias..beijos...

Lígia Orsati disse...

Adorei as dicas! Super úteis!!! Estou começando com a produção de lembrancinhas e materiais voltados para festas e eventos. Estou adorando isso e claro, as dicas serão usadas!

Vou deixar aqui o endereço do meu site, caso queira visitar meu trabalho: www.ligiaorsati.com.br

beijos, obrigada!

Claudia disse...

Gostei das dicas desse post, especialmente a parte da proteção dos produtos e cartões de propaganda!